13. Pensamentos ~ Bando 3

I.
Para aprender a ficar junto, antes, é preciso aprender a ficar sozinho.

II.
O amor que emano é proporcional ao que cultivo para mim mesmo.
Não se pode dar o que não se tem.

III.
Tive meu primeiro sonho poético. Nele, uma senhora disse-me algo assim:

“Os versos feitos no Brasil
ou são de uma inocência infantil
ou tem um quê de 1º de abril.”

Vou tomar como uma auto-crítica.

IV.
Qualquer conversa sobre políticas públicas só faz sentido se, de início, trouxer as respostas para estas duas perguntas:

Quanto custa? Quem paga?

V.
Qualquer aumento ou criação de imposto que não seja aprovado em referendo popular é sacanagem – pra não dizer que é roubo.

IV.
Nossa personalidade é nossa fortaleza.